LOGIN
Usuário
Senha

Fatores que desencadeiam dores de cabeça

Dores de cabeça são frequentes na vida de grande parte das pessoas, um incômodo que muitas vezes é persistente e atrapalha a nossa rotina. Impede a concentração, diminui a disposição e faz com que nos irritemos com muito mais facilidade. Afinal, ninguém gosta de passar o dia com dor.

Alguns fatores desencadeiam dores de cabeça com maior facilidade, e saber identificá-los e evitá-los pode ser de grande ajuda. 

Dores de cabeça

Algumas coisas parecem cotidianas e acabamos por não dar a devida atenção, mas são justamente essas coisas que desencadeiam as dores de cabeça:

Problemas para dormir

No topo da lista de motivos para dores de cabeça estão os problemas para dormir. Duas noites mal dormidas são o suficiente para desencadear episódio de dor de cabeça. Quem sofre com insôniaestá mais propenso a ter dores de cabeça. O ideal é dormir oito horas por noite, para evitar as dores.

Ansiedade e depressão

De acordo com o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, alguns mecanismos responsáveis por suprimir a dor são afetados tanto na ansiedade quanto na depressão. Portanto, as pessoas que sofrem desses males têm tendência, também, a sofrer com dores de cabeça crônicas. 

Estresse

Pessoas estressadas e tensas tendem a apresentar episódios de dores de cabeça com mais frequência. Quanto mais estressadas são as pessoas, maiores são as chances de terem dores de cabeça. Acontece, que assim como na depressão e ansiedade, o estresse é responsável por causar impacto na liberação de substâncias que o cérebro usa para minimizar a dor.

Medicamentos

Segundo a Academia Brasileira de Neurologia (ABN), 80% das pessoas que sofrem com as dores de cabeça tomam medicamento por conta própria e não investigam a causa. Acontece que o uso inadequado de analgésicos aumenta em 19 vezes o risco das dores se tornarem crônicas. Tudo bem recorrer aos medicamentos uma vez ou outra, o importante é manter-se atento, para que isso não se torne um hábito e desencadeie um problema maior.

Para contornar essas situações, algumas medidas podem ser tomadas: identificar a causa das dores de cabeça, para entender qual será a melhor alternativa. No geral, a prática de exercícios físicos, alimentação saudável, noites de sono bem-dormidas, momentos de lazer para aliviar o estresse do cotidiano e ingerir dois litros de água por dia, ajudam a melhorar os episódios de dor de cabeça.

É importante reservar um tempo para cuidar de você, procurando sempre consultar um médicoespecialista.

Veja também: