PRO PROFISSIONAIS DE SAÚDE
PROFISSIONAIS PROFISSIONAIS DE SAÚDE
LOGIN
Usuário
Senha
ESQUECEU A SENHA
Digite seu e-mail cadastrado. Enviaremos um link para que você possa reativar sua senha.
Digite seu e-mail

Verão e micose: cuide-se!

Sabemos que micose e verão estão diretamente relacionados, porque calor e umidade tornam o ambiente propício para proliferação de fungos.

No verão do Brasil temos o costume de ir à praia ou ao clube, o que é sempre muito divertido, mas proporciona condições favoráveis para a transmissão de micose.

Por isso, devemos redobrar o cuidado para evitar fazer parte do grupo com mais de 3,8 milhões de brasileiros que sofrem de alguma doença fúngica (dados de 2016 da GAFFI – Fundo Global de Ações contra Infecções Fúngicas).

Confira nossas dicas e garanta as suas férias de verão sem imprevistos.

Micose: o que é e como tratar

micose é uma infecção causada por fungos que acomete a pele, couro cabeludo ou unhas. Na maioria dos casos, o médico dermatologista consegue identificar a doença apenas pelo aspecto da lesão. Os principais sintomas, que podem variar de acordo com o local afetado, podemos citar:

– Coceira;

– Ardência;

– Descamaçãoda pele;

– Erupções;

– Escurecimento ou perda de cor da pele;

– Até coceira ou corrimento vaginal (nesse caso, procure o seu ginecologista).

Como tratar a micose

Assim que perceber alguns dos sintomas acima, procure um dermatologista que saberá como tratar as doenças de pele, como a micose. O tratamento varia de acordo com o local e a intensidade da infecção e o médico pode indicar pomadas e também medicamento de uso oral –vendidos sob prescrição.

Como evitar a micose

O ambiente compartilhado em saunas, piscinas e praias é totalmente propício para a transmissão de fungos causadores da micose. Por isso, nunca ande descalço em locais públicos e úmidos e nuncacompartilhe objetos de uso pessoal, como toalhas, sabonetes, sapatos, pentes.

Além disso, evite ficar com a roupa molhada por muito tempo, como seu biquíni, de preferência, enxágue o corpo após sair da piscina e procure secar-se muito bem.

No dia a dia, para aqueles que ficam a maior parte do tempo com sapatos fechados, é importante usar meias de algodão, que ajudam a absorver o suor, e trocá-las todos os dias. Após o banho secar bem entre os dedos, usar desodorante para os pés e manter as unhas limpas.

IMPORTANTE: evite automedicar-se! Existem componentes nas fórmulas dos medicamentos que podem atrapalhar o tratamento. O médico vai oferecer um tratamento adequado e eficaz. 

Veja também: