PROFISSIONAIS PROFISSIONAIS DE SAÚDE
LOGIN
Usuário
Senha

Entenda a importância do ferro para a saúde

ferro é um nutriente essencial para a vida e atua principalmente na fabricação das células vermelhas do sangue e no transporte do oxigênio para todas as células do corpo.

Ele auxilia no crescimento saudável e na capacidade de aprendizagem das crianças, sem falar de sua importância no processo de resistência do organismo às infecções.

Sintomas da falta de ferro no organismo

A falta de ferro no organismo acarreta na anemia ferropriva, a mais comum no mundo, sendo caracterizada pela baixa quantidade de células responsáveis por transportar oxigênio para todos os tecidos do corpo (os glóbulos vermelhos).

Essa anemia pode ser resultado da carência nutricional, ou perda expressiva de sangue e até em mulheres grávidas.

Os sintomas da insuficiência de ferro são:

– Cansaço extremo; 
– Desânimo; 
– Dificuldade para ficar atento; 
– Pele pálida; 
– Falta de apetite ou alteração no paladar.

O diagnóstico da falta de ferro no organismo precisa ser realizado por um médico, que vai solicitar exames laboratoriais como o de sangue.

O tratamento se dá por meio de suplementação e a ingestão de alimentos ricos em ferro. As necessidades diárias variam conforme a idade e sexo.

Os exames deverão ser repetidos a cada três meses, para avaliar o processo de melhora do paciente.

Alimentos ricos em ferro

Uma das etapas do tratamento de anemia ferropriva é a alimentação balanceada, incluindo alimentos ricos em ferro nas refeições, além da suplementação indicada pelo médico. Confira abaixo:

– Vegetais: folhas verde-escuras, como couve, agrião, cheiro-verde;
– Carne vermelha: todas, incluindo fígado de qualquer animal; 
– Leguminosas: feijões, grão-de-bico, ervilha, lentilha.

Além disso, nozes, castanhas, rapadura e açúcar mascavo.

É importante ressaltar que, além de incluir os alimentos acima em sua dieta, você precisa ingerir vitamina C, para aumentar a absorção. Uma laranja como sobremesa auxilia nesse processo, por exemplo.

Mas, existem alimentos que dificultam a absorção do ferro como, por exemplo, a cafeína. O ideal é conversar com um nutricionista e garantir um cardápio saudável durante e depois do tratamento.

Veja também: